GD Virtual - Sites e Sistemas Inteligentes
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Publicidade

ÁREA AZUL BAIXA PRA R$1,50 POR HORA EM VOTUPORANGA

Pra 2 horas o valor continua sendo de R$2,50. Decreto do prefeito atende argumentos da ACV

Publicado em: 27 de setembro de 2017 às 18:11

ÁREA AZUL BAIXA PRA R$1,50 POR HORA EM VOTUPORANGA
O prefeito João Dado publicou um novo decreto sobre o estacionamento rotativo de Votuporanga em edição extra do Diário Oficial Eletrônico desta quarta-feira (27/9). Considerando as ponderações apresentadas pela Associação Comercial de Votuporanga, o prefeito postergou o prazo de aumento da tarifa para 1º de janeiro de 2018, e permitiu o fracionamento do tempo de permanência nas vagas de estacionamento da Zona Azul por meio de cartões com duração de até uma hora, sob a tarifa de R$ 1,50, e até duas horas, no valor de R$ 2,50.As mudanças foram sugeridas em reunião realizada no início desta semana com diretores da Associação Comercial de Votuporanga, após publicação que determinava mudança do valor a partir de 1º de outubro.

Na ocasião, a diretoria da ACV também havia solicitado o fracionamento do tempo para permanência com a redução da tarifa cobrada pela aquisição do cartão de estacionamento.Vale ressaltar que o último reajuste da Zona Azul foi praticado há mais de três anos e levando em consideração que o serviço é administrado por entidade assistencial sem fins lucrativos - no caso, o Centro Social de Votuporanga - que emprega cerca de 70 pessoas, foi necessário atualizar o valor. “Se pegarmos a variação inflacionária entre janeiro de 2014 e agosto de 2017, dá pouco mais de 26%. Portanto, fizemos apenas a atualização monetária do mesmo valor que era praticado em 2013. Desta forma, conseguimos preservar não só o serviço de Zona Azul, que é importante para o comércio de Votuporanga, como também o emprego de 70 pessoas que utilizam esta renda para sustentar suas famílias”, alegou o prefeito João Dado.O decreto atual revoga o anterior, portanto, o novo valor que iria ser praticado a partir de 1º de outubro só ocorrerá a partir de 1º de janeiro de 2018.



Publicidade