GD Virtual - Sites e Sistemas Inteligentes
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Publicidade

EMPRESA DE VOTUPORANGA PROCESSA RASTREADOR DE CAMINHÃO

Serviço não funcionava direito e "bloqueava" caminhões carregados de concreto

Publicado em: 27 de agosto de 2018 às 13:10

Uma concreteira de Votuporanga ganhou na justiça o direito de encerrar o contrato com uma empresa de rastreamento por satélite da frota de caminhões. O processo é de 2015 e tratou também dos prejuízos sofridos pela empresa.
O valor da ação é de mais de R$123 mil. Uma testemunha ouvida declarou que por conta do problema chegou a gastar R$ 50 mil em concreto, mas o material estragou porque o caminhão não chegou a tempo.
Um motorista também ouvido declarou que chegou a ficar parado em rodovia por conta do bloqueio pelo sistema de rastreamento com sede no Paraná. Os depoimentos mostraram que os caminhões só circulavam normalmente quando o sistema de GPS era desligado pelos motoristas.
Apesar do pedido, o juiz constatou o prejuízo efetivo da empresa de R$470, por isso fixou multa de R$ 25% do valor do contrato.
Publicidade