GD Virtual - Sites e Sistemas Inteligentes
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Publicidade

Pesquisa aponta Prefeito Dado com 70,8 de aprovação

Resultado é do grupo Band que avaliou serviços públicos e a administração

Publicado em: 10 de maio de 2017 às 12:06

Pesquisa aponta Prefeito Dado com 70,8 de aprovação
A forma como o prefeito João Dado tem administrado Votuporanga no início deste mandato é aprovada por 70,8% da população. É o que mostra a recente pesquisa divulgada pelo grupo Band que avaliou serviços públicos e a administração em várias cidades do interior paulista.

Em uma parceria Band Paulista e Instituto Veritá, a pesquisa avaliou os 100 primeiros dias de gestão dos prefeitos em cidades como Araçatuba, São José do Rio Preto, Fernandópolis, Jales, entre outros.

Segundo os números, a aprovação do governo João Dado é uma das mais altas da região, superior à maioria dos chefes de executivos das cidades pesquisadas. Para 70,8% dos entrevistados a maneira como o prefeito vem administrando a cidade é considerada ótima ou boa. Outros 21,3% consideram o governo regular e 7,9% consideram ruim ou péssimo.

No período de 20 de março a 8 de abril, foram entrevistadas 406 pessoas que residem no município há mais de um ano e possuem idade igual ou superior a 16 anos. A margem de erro é de 5% para mais ou para menos.

O levantamento também quis saber da população quais serviços são considerados positivos ou negativos. Numa nota entre 0 e 10, o serviço de limpeza pública (coleta de lixo) recebeu a maior nota: 9,01. Em seguida vieram saneamento (abastecimento de água, qualidade da água, serviços, regularidade no fornecimento, etc.) com 8,75 e depois as ações de combate ao Aedes Aegypt com 8,20.

De acordo com os entrevistados, entre as áreas que mais necessitam de melhorias, está a saúde. O atendimento complementar, com exames, remédios, cirurgias eletivas recebeu a nota de 5,86. O turismo foi outro problema apontado com 5,70 pontos, necessitando, segundo a população pesquisada, de mais incentivo, divulgação e apoio em projetos. Os moradores se queixam ainda de falta de oportunidade no mercado de trabalho. O item emprego foi o mais mal avaliado com 4,29.

Publicidade