GD Virtual - Sites e Sistemas Inteligentes
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Publicidade

APOIO PRA SANTA CASA

Ele reiterou ações políticas em defesa do hospital referência regional

Publicado em: 16 de abril de 2018 às 19:38

APOIO PRA SANTA CASA
A Santa Casa de Misericórdia de Votuporanga completa 68 anos de atividades nesta segunda-feira (16/04) e celebrou a data com um culto ecumênico. Na oportunidade, o deputado estadual Carlão Pignatari (PSDB) reiterou seu compromisso de ajudar o hospital, intermediando a reivindicação de recursos junto ao Governo do Estado.

A comemoração aconteceu no pátio central do hospital, ao lado da capela. O culto ecumênico foi proferido pelo padre Joaquim Tadeu, da Paróquia São Benedito/Nossa Senhora de Fátima; do pastor Jotinha, do Conselho de Pastores Evangélicos; e do orador Divaldinho, do Centro Espírita Maria de Nazaré.

O ato contou com a presença de diversas lideranças da cidade: o provedor Luiz Fernando Goes Liévana - Torrinha, o prefeito João Dado e sua esposa Mônica; os vereadores Osmair Ferrari – presidente da Câmara, Daniel David, Giba e Marcelo Coienca; representantes de clubes de serviço; diretores do hospital, médicos, enfermeiros e funcionários.

Na oportunidade, o Rotary Club de Votuporanga, representado pelo seu presidente Ayres Fernando Francelino, e a Unifev, por meio do reitor Rogério Matarucco, oficializaram a entrega de um aparelho Babylog, um respirador artificial para recém-nascidos prematuros, adquirido em parceria no valor de R$ 165 mil. A médica Lara Galvani Greghi, responsável pelo setor neonatal, agradeceu a doação do equipamento.

Em seu discurso, o provedor Torrinha destacou que a Santa Casa atende cerca de 2 mil pessoas diariamente, de 56 municípios da região, a maioria pelo SUS. Enalteceu as pessoas que sempre contribuíram para a melhoria do hospital, citando entre elas o ex-prefeito Junior Marão e o deputado Carlão Pignatari, que tudo fizeram para a transformação da Santa Casa.

Carlão reforçou discurso proferido no culto ecumênico de que a Santa Casa é um espaço de milagres, de vida e esperança, onde todos são atendidos com carinho e dedicação de todo o corpo funcional. Carlão ainda comentou sobre as dificuldades do hospital, que atende, em sua maioria, pelo SUS.

Publicidade