GD Virtual - Sites e Sistemas Inteligentes
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Publicidade

HOMEM LEVA PICADA DE ESCORPIÃO NA LÍNGUA

Ele estava mergulhando no rio Tietê, há seis metros de profundidade

Publicado em: 10 de outubro de 2017 às 19:16

HOMEM LEVA PICADA DE ESCORPIÃO NA LÍNGUA
O montador de móveis Fábio Trivilin, 33 anos, conhecido como Campanholo, levou uma picada de escorpião na língua. O fato aconteceu há três semanas e não havia sido divulgado.
O acidente poderia ter tido um final mais trágico e o caso chega a ser inacreditável, porque ele levou a picada quando estava mergulhando no rio Tietê, há seis metros de profundidade, praticando pesca subaquática.
Apesar de estranho, o caso não é história de pescador e foi conferido de perto pela reportagem do site RegionalPress. Em entrevista exclusiva, Campanholo explicou melhor como tudo aconteceu. Ele estava mergulhando, e o escorpião entrou na sua boca pelo snorkel, um acessório que mergulhadores utilizam para auxiliar no processo de respiração no mergulho de apineia, sem cilindro de oxigênio.
Era o último domingo do mês de agosto quando Campanholo, que mora no conjunto habitacional Águas Claras, e um amigo, foram praticar a pesca subaquática no rio Tietê. Ele contou que colocou o snorkel e mergulhou, chegando a uns seis metros de profundidade. De repente sentiu uma “fisgada” em sua língua e cuspiu o snorkel da boca. Como a água estava muito transparente, ele conseguiu ver o escorpião saindo da boca.
Campanholo contou que o inseto estava no interior do tubo do snorkel. Ele subiu rapidamente e entrou no bote. Ele e o amigo tiveram de subir o rio 10 minutos para poder pegar o carro e correr em busca de socorro. “Comecei a sentir muita dor, minha língua inchou que mal cabia dentro da boca”, contou.
Ao chegar no pronto-socorro municipal, ele recebeu mais duas injeções, na língua, no mesmo local da picada. “A injeção doeu mais do que a picada do escorpião”, contou. Ele disse que no dia 7 de setembro quase levou uma picada, mas pela roupa de mergulho.
“Eu cheguei no rio e peguei a roupa de mergulho, que é de neoprene. Ao virar a parte da perna, que estava do avesso, vi um escorpião caindo de dentro da roupa”. Ele disse que seu acidente serve como alerta para as pessoas, provando que o escorpião pode se esconder em locais que as vezes ninguém imagina, principalmente nesta época em que estão surgindo casos diariamente em todas as regiões da cidade.




(Regional Press)

Publicidade