GD Virtual - Sites e Sistemas Inteligentes
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Publicidade

CORPO DE PESCADOR ENCONTRADO

Morador da região desapareceu durante temporal no rio Paraná

Publicado em: 03 de dezembro de 2018 às 19:32

CORPO DE PESCADOR ENCONTRADO
No quarto dia de buscas ao Hélio Wagner Inácio, da cidade Birigui (SP), o pescador estava desaparecido deste a sexta-feira (30), quando a embarcação afundou nas água do Rio Paraná, por volta das 19h00m, os mergulhadores do Corpo de Bombeiros com o auxílio da Marinha do Brasil, localizaram o corpo boiando, bem próximo do local do naufrágio, indicado pelo companheiro Claudio Pessoa que sobreviveu ao acidente.

O Corpo de Bombeiros que recebeu a solicitação do naufrágio da embarcação com duas pessoas, no início da noite de sexta-feira, e que uma delas havia sido socorrido por outros pescadores que navegavam pelas imediações do acidente, e Claudio informou o desaparecimento do amigo, que não usava colete salva vidas.

As buscas dos mergulhadores do Corpo de Bombeiros deram início no dia do acidente e estendeu até o anoitecer. Com o auxílio de Claudio Pessoa, os bombeiros fizeram as primeiras buscas no local indicado pelo sobrevivente, mas as condições do tempo e com o anoitecer Hélio Inácio não foi localizado. Os trabalhos de buscas ao pescador se estenderam durante todo o dia de sábado e também no domingo com o auxílio da Marinha do Brasil.

Ao retornar as buscas nesta segunda-feira (3), logo ao amanhecer os mergulhadores na primeira fase da busca avistaram o corpo de Hélio Inácio boiando bem próximo onde ocorreu o afundamento do barco, na “boca do Ribeirão Ponte Pensa”, uma profundidade estimada em 30 metros.

Ao comentar o trabalho de resgate da vítima, o primeiro Sargento do Corpo de Bombeiros de Santa Fé, Osvaldo dos Santos Junior, relatou que foram dias de muito trabalho, e o local do acidente oferecia muitas dificuldades de atuação da equipe de mergulhadores como a profundidade e o tempo chuvoso com ventos fortes registrados nos últimos dias na região do acidente e não facilitaram o trabalho dos profissionais do mergulho. “Eles eram pescadores experientes, mas não resistiram as condições climáticas no momento em que o barco afundou", disse o comandante. As causas do acidente somente poderão ser identificadas pela Polícia Cientifica.

O Comandante do Corpo de Bombeiros, alerta os pescadores ou aqueles que vão navegar nos Rios da região, que procurem se equipar antes de sair para navegar, seja com equipamentos de tecnologia, radar, telefone, alimentos e principalmente boias e coletes salva vidas, que devem estar preparados, e antes de iniciar a navegação devem consultar inicialmente a meteorologia da região onde pretende realizar o lazer náutico.

O corpo de Hélio Wagner Inácio foi encontrado às 7h00m desta segunda feira (3), estava sem coletes. Informações prestadas anteriormente pelo sobrevivente davam conta de que a vítima não utilizava coletes.




(Informamais)


Publicidade