GD Virtual - Sites e Sistemas Inteligentes
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Publicidade

SANTA COMEMORA ANIVERSÁRIO DE 68 ANOS

Celebração ecumênica marca evento com diretores e autoridades

Publicado em: 16 de abril de 2018 às 19:09

SANTA COMEMORA ANIVERSÁRIO DE 68 ANOS
Nesta segunda-feira (16/4), a Santa Casa de Votuporanga comemorou 68 anos de inauguração, com a presença daqueles que fizeram e fazem o Hospital. Ex-provedores, atual diretoria, lideranças, colaboradores, corpo clínico, representantes religiosos, voluntários se uniram para celebrar a data.

O padre Joaquim Tadeu, da Paróquia São Benedito e Nossa Senhora de Fátima, lembrou da trajetória de madre Tereza de Calcutá e irmã Dulce, conhecidas pela generosidade. “Dedicaram a vida ao próximo, a acolher na doença, com delicadeza. Na Santa Casa, há partilha de amor, fé e paz. Que Deus abençoe este lugar, os profissionais nos nossos dias, com coração nos dedos para sentir e assistir na enfermidade”, afirmou.

O pastor Jotinha, representando o Conselho de Pastores Evangélicos, ressaltou que o Hospital é local de exercer o amor. “Podemos viver na fé de forma horizontal, cuidando das pessoas que estão do lado. Santa Casa é ambiente de alegria quando uma criança nasce, quando há vitória de cura. Mas também há horas em que pacientes são chamados para Deus. A vida aqui é como é. Este lugar não é comum, mas de muitas bênçãos, de recomeço da vida”, disse.

Por sua vez, Divaldinho de Matos, do Grupo Espírita Maria de Nazaré, ressaltou os pioneiros da Santa Casa. “São homens de coragem, que não esmoreceram. O nosso Hospital é ponto crucial para a sociedade, a Instituição faz trabalho genuíno”, falou.

O provedor Luiz Fernando Góes Liévana discursou sobre o aniversário. “Estou aqui há 10 anos e grande parte disso é trabalho do ex-provedores. Obrigado por fazerem deste Hospital referência, que atende 2.500 pessoas por dia de toda a região. Lavamos 2 toneladas de roupas e servimos 1.700 refeições diariamente para pacientes e acompanhantes. Agradeço Dado, Carlão e Juninho, que nos ajudaram incansavelmente”, disse.

Luiz Fernando anunciou uma conquista. “Neste dia especial, recebemos presente da Unifev e Rotary Clube de Votuporanga. É Babylog, equipamento de alta tecnologia para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal no valor de R$165 mil”, destacou.

Representando o presidente da Fundação Educacional de Votuporanga, dr. Celso Luiz dos Santos, o reitor da Unifev, Rogério Rocha Matarucco, parabenizou o Hospital. “Como representante da Unifev e Fundação, parabenizo a Santa Casa por ser referência nacional. Como cidadão, eu não nasci no Hospital, mas meus filhos sim. Toda vez que passamos por aqui, somos muito bem atendidos”, afirmou.

O presidente do Rotary Clube Votuporanga, Ayres Fernando Cruz Francelino, deu detalhes da doação. “Quando se fala da Instituição, remete ao voluntariado, ajuda ao próximo. Nestes 68 anos, o clube participou de 65. Temos muito companheiros que participam ativamente da construção e administração do Hospital. Recebemos recentemente visita da dra Lara Greghi, responsável pela UTI Neonatal, quando nos falou do Babylog. O equipamento é respirador artificial para recém-nascidos, de alta tecnologia. Após isso, formatamos como auxiliar”, disse.

O Rotary entrou em contato com a Fundação Educacional em busca do Babylog. “Dr. Celso nos falou que faria a aquisição e doação para Santa Casa. Nos orgulhamos de ser catalizador do pedido. Nosso princípio é dar de si, sem pensar em si. O Hospital trabalha com altruísmo, com o objetivo de servir”, complementou.

Dra Lara agradeceu o aparelho. “Não tenho palavras para agradecer. A Santa Casa é minha segunda casa, é lugar de entrega todos os dias. Estou muito feliz de saber que o presente de 68 anos foi para o meu setor, que ajudei a formar. Estamos fazendo a diferença e salvando mais vidas”, afirmou.

Ela ressaltou que o Babylog vai beneficiar os recém-nascidos. “Nosso trabalho tem muito a ver com cuidado e carinho, mas também com tecnologia de ponta. Este aparelho é um ventilador, diferente do convencional, que ajuda a salvar vidas de crianças muito graves. Um equipamento de tecnologia de ponta, que só vem a somar ao que a Santa Casa representa pra Votuporanga e região”, destacou.

Mais discursos

O prefeito João Dado falou de sua relação com a Instituição. “Meu avô João Gonçalves Leite foi o primeiro provedor. Minha mãe se vestia como boneca para vender nas ruas. Estas comercializações possibilitaram aquisição de tijolos, cimento, cal. Sinto muito orgulho de meus ancestrais terem ajudado no início da história. A nossa Santa Casa, Prefeitura e Unifev estarão sempre juntos, porque assim somos mais fortes e salvaremos mais vidas”, enfatizou.

Já o deputado estadual Carlão Pignatari ressaltou que o Hospital é referência. “No ano passado, mais de 1.200 crianças nasceram na Santa Casa, mais de 100 por mês. Tudo graças à união da classe política, prefeitura e comunidade. A Instituição é de todos nós”, disse.



Representando a Câmara, o vereador Daniel David falou de sua satisfação de ser colaborador do Hospital. “Sou funcionário há nove anos. Quem trabalha na Instituição é privilegiado, não é para todos. Fico muito feliz de fazer parte da Santa Casa que atende a tantos municípios”, afirmou.

Publicidade