GD Virtual - Sites e Sistemas Inteligentes
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Publicidade

FLIV- papo com escritores do Prêmio São Paulo de Literatura

Mesa-redonda com Cristina Judar, Ronaldo Correia de Brito e Sérgio Rodrigues

Publicado em: 06 de dezembro de 2020 às 09:54

FLIV- papo com escritores do Prêmio São Paulo de Literatura
Proporcionar um encontro ainda mais próximo dos escritores é um dos objetivos do Festival Literário de Votuporanga – FLIV, que este ano comemora a sua 10ª edição em formato on-line, entre os dias 10 e 13 de dezembro. O evento multicultural, considerado um dos maiores do Estado, promoverá na sexta-feira (11/12), às 19h30, uma mesa-redonda virtual com os escritores Cristina Judar, Ronaldo Correia de Brito e Sérgio Rodrigues, finalistas e vencedores do Prêmio São Paulo de Literatura. A mediação será feita por Paulo Werneck.

A mesa-redonda abordará a importância da produção e divulgação literária brasileira, além de prêmios e festivais literários como ações de estímulo aos novos talentos e de fortalecimento das políticas públicas de livro, leitura e escrita. Será abordado também o diálogo entre escritores e comunidades como ferramenta de mediação cultural, de formação de comportamentos leitores e de incentivo à produção literária. Os participantes inscritos terão direito a certificado.

O Prêmio São Paulo de Literatura, lançado em 2008, é uma realização da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo. O concurso seleciona anualmente os melhores livros de ficção, no gênero romance, escritos em língua portuguesa, originalmente editados e publicados no Brasil. São dois prêmios: Prêmio São Paulo de Literatura de Melhor Romance de Ficção e Prêmio São Paulo de Literatura de Melhor Romance de Ficção de Estreia.

O escritor Paulo Werneck será o mediador do encontro. Editor de livros, jornalista e tradutor literário, Werneck, desde 2017, edita a Quatro Cinco Um, considerada a revista dos livros. Traduziu Zazie no Metrô, de Raymond Queneau, A espuma dos dias, de Boris Vian, e Persépolis, de Marjane Satrapi, entre outras obras. Em 1999, publicou Cabras - Caderno de viagem, com Antonio Prata, Chico Mattoso e Zé Vicente da Veiga. Editou, com Chico Mattoso, a revista literária independente Ácaro. Trabalhou na Companhia das Letras, Cosac Naify e Folha de S.Paulo. Entre 2014 e 2016, foi o responsável pela curadoria da Festa Literária Internacional de Paraty.


“Para nós é uma honra receber essa mesa-redonda. O Prêmio São Paulo de Literatura é reconhecido internacionalmente por incentivar a produção literária. Esse bate-papo proporcionará um conhecimento muito rico para o nosso público. O FLIV proporciona essa experiência, que é deixar escritores e leitores cada vez mais próximos”, comentou a secretária de Cultura e Turismo, Silvia Stipp.

A mesa-redonda será promovida por meio de parceria com o Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo – SisEB, que é colaboradora do Festival Literário de Votuporanga. Para participar, basta acessar o canal do FLIV no Youtube. As inscrições já estão abertas na agenda do site do SisEB (http://cadastro.siseb.org.br:8090/workshop/inscrito/novo). O webinar também será transmitido pelo canal do SisEB no Youtube -https://www.youtube.com/sisebsp. Certificados serão enviados apenas para os inscritos.

Sobre os escritores



Cristina Judaré autora das HQs Lina e Vermelho, Vivo, e do livro de contos Roteiros para uma Vida Curta (Menção Honrosa – Prêmio SESC de Literatura 2014). Seu romance Oito do Sete foi finalista do Prêmio Jabuti 2018 (categoria Melhor Romance) e ganhador do Prêmio São Paulo de Literatura 2018 (categoria Melhor Romance – autores estreantes acima de 40 anos). Coorganizou as antologias A Resistência dos Vaga-lumes (2019) e Pandemônio: nove narrativas entre São Paulo - Berlim (2020).



Ronaldo Correia de Britoé contista, romancista e dramaturgo. Participou do FLIV 2014. Autor do romance Galileia, vencedor do Prêmio São Paulo de Literatura 2009. Publicou os volumes de contos Faca, Livro dos Homens, Retratos imorais, O amor das sombras e os romances Estive lá fora e Dora sem véu. Tem livros e contos traduzidos para o francês, espanhol, inglês, alemão, italiano, búlgaro, húngaro, hebraico, e adaptados para cinema e televisão.

Sérgio Rodriguesé um escritor e jornalista mineiro que vive no Rio de Janeiro. Seu romance O drible ganhou o Portugal Telecom (atual Oceanos) de 2014, além de ser finalista do Prêmio São Paulo de Literatura e do Jabuti. Entre os dez títulos que publicou destacam-se ainda A visita de João Gilberto aos Novos Baianos (contos), Elza, a garota (romance) e Viva a língua brasileira! (não ficção). Tem livros lançados na Espanha, nos Estados Unidos, na França e em Portugal. É colunista da Folha de S.Paulo e roteirista do Conversa com Bial.

Organização

A 10ª edição do Festival Literário de Votuporanga é uma realização do Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria da Cultura e Economia Criativa, e Prefeitura de Votuporanga. Tem o patrocínio da Facchini e co-patrocínio da Unifev. Conta com a colaboração do SisEB, SP Leituras, Pontos MIS, Poiesis, Museu Casa das Rosas, Amigos da Arte e IFSP Votuporanga. A promoção é da TV TEM. Acompanhe mais informações emwww.flivotuporanga.com.brou nas redes sociais @flivotuporanga.


Publicidade