GD Virtual - Sites e Sistemas Inteligentes
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Publicidade

Acusado de matar companheira por esganadura vai a júri em Santa Fé do Sul

Acusado de matar companheira por esganadura vai a júri em Santa Fé do Sul

Publicado em: 19 de outubro de 2012 às 16:07

O réu Ivan Pereira, 32 anos, será julgado no fórum de Santa Fé do Sul na quarta-feira (24/10), ele é acusado de ter assassinado sua esposa, a garçonete Ariane de Almeida Batista, 28 anos, no dia 14/04/2011.

O crime que abalou a cidade teria ocorrido durante uma discussão na residência do casal. Na época Ivan que foi preso no mesmo dia, confessou o crime dizendo ter matado Ariane com suas próprias mãos, ou seja, por esganadura.

O crime

A patroa disse que no dia anterior Ariane comentou que andava muito preocupada, pois ela e o marido estavam discutindo muito, e que o marido andava agressivo e vivia dizendo que iria mata-la, mas ela nunca acreditou.



A garçonete Ariane de Almeida Batista, foi assassinada aos 28 anos. No dia do crime a vítima entraria no serviço ás 17:30 horas, na Lanchonete Serve Festas onde trabalhava como garçonete, e como a funcionaria nunca se atrasava, sua patroa Silmara estranhou sua falta achando que havia algo errado, resolveu procura-la.

Inicialmente ligou para o marido que disse desconhecer seu paradeiro, sendo informada inclusive que este já tinha ligado procurando pela esposa, depois a patroa efetuou várias ligações a parentes e amigas da funcionária sem sucesso, então resolveu procurar a policia.

O corpo foi encontrado em uma estrada no município de Três Fronteiras, por populares que passavam pelo local por volta das 20:30 horas e chamaram a policia, momento em que o acusado estava em sua casa com as duas filhas e com a policia militar.

Em depoimento a policia, Ivan disse que durante uma discussão acalorada na cozinha da casa, Ariane partiu pra cima dele tentado agredi-lo, e ele para se defender teve que fazer uso das mãos junto ao pescoço da vitima praticando a esganadura, pouco depois Ariane caiu ao chão já morta.

O acusado contou que colocou o corpo da vítima em seu carro, um corsa azul e se dirigiu ao município de Três Fronteiras, onde abandonou o corpo numa estrada vicinal. (correiosantafe)

Publicidade