GD Virtual - Sites e Sistemas Inteligentes
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Publicidade

Crime ambiental:descarte de lixo irregular

Morador denuncia situação de descaso e irresponsabilidade da população

Publicado em: 04 de junho de 2020 às 06:49

Crime ambiental:descarte de lixo irregular

Moradores residentes em propriedades rurais às margens da Rodovia Péricles Belini manifestaram indignação e preocupação com o descarte irregular de lixo às margens da estrada, onde são despejados resíduos vegetais, plásticos, móveis velhos, lixo tóxico, fraldas e até animais mortos. Num destes locais, distante pouco mais de 2 quilômetros da Vila Carvalho, embora exista uma grande lixeira, as pessoas estão jogando lixo no terreno, contribuindo para a proliferação de animais peçonhentos e degradação do meio ambiente.




A denúncia chegou até a Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico, responsável pelo segmento da Agricultura no Município, por intermédio do produtor rural Douglas Andrenelli e, em rápida ação integrada com a Saev Ambiental e a Shalom Engenharia e Construções, responsável pela coleta de lixo em Votuporanga, o local foi totalmente limpo na manhã desta terça-feira (2/6).

"Precisamos conscientizar a comunidade para que não transforme essas áreas em verdadeiros lixões", disse o Secretário do Desenvolvimento Econômico, Flávio Augusto Piacenti Junior. Para ele, é necessário que todos se mobilizem para evitar que isso continue. “Fotografando ou filmando quem está jogando esse lixo, e sem medo de denunciar, pois este tipo de ação é considerado crime ambiental".

Piacenti comenta ainda que "se ninguém denunciar, o deplorável hábito de jogar lixo às margens de estradas e em terrenos baldios tem de ser contido pois basta que um inicie para que, em pouco tempo, o volume de lixo e entulho aumente cada vez mais; na grande maioria das vezes, não são as pessoas residentes próximo ao local, mas principalmente pessoas vindas de outros locais e que tentam encontrar um ‘jeitinho’ prático de se livrar do lixo sem ter que arcar com suas responsabilidades ambientais".

Crime Ambiental

Além de causar péssimo aspecto, mau cheiro e atrair vetores de doenças, jogar lixo em terrenos baldios, em margens de estradas e rodovias, ou mesmo em cursos dágua é crime ambiental, estando sujeito à multa e/ou detenção. Jogar lixo urbano, sucatas e até galhos e entulhos às margens das rodovias pode acarretar em multa e até responsabilização criminal do autor, com enquadramento nas legislações ambientais.

Publicidade