GD Virtual - Sites e Sistemas Inteligentes
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Publicidade

DISE estoura "QG do tráfico" e prende mais um em Votuporanga

Policiais Civis também prenderam 'Zóio' com maconha no bairro Palmeiras I

Publicado em: 17 de março de 2020 às 18:56

DISE estoura
Agentes da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE) de Votuporanga fizeram duas apreensões de droga e prenderam um traficante na tarde de hoje (17). Outro flagrante foi realizado pela manhã, com apoio da Polícia Militar, totalizando três apreensões.
A prisão da tarde foi no bairro Palmeiras I. O jovem de 25 anos, conhecido como “Zóio”, que estava sendo investigado pelos policiais da Delegacia Especializada pelo envolvimento na venda de drogas na cidade havia tempo.
Os agentes descobriram que ele mantinha em sua residência drogas para serem comercializadas e se deslocaram até o local, abordando o investigado de surpresa. Em buscas pela casa, os agentes da DISE localizaram seis porções de maconha prontas para a venda e resquícios da droga que ainda seriam embalados para a venda, além de dinheiro da venda de drogas, aparelho de telefone celular e uma motocicleta Honda NX/Falcon utilizada pelo investigado para a distribuição das drogas.
Ele foi conduzido para a sede da DISE e autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas e posteriormente encaminhado para uma cadeia da região. Em outra ação também no bairro Palmeiras I os policiais 'estouraram' um local conhecido no meio criminoso como "QG do tráfico" e em buscas pelo local encontraram no interior de um dos quartos, cocaína e crack prontos para a venda a usuários. Foram apreendidos também material utilizado na embalagem das drogas e dinheiro da venda de drogas.
O traficante investigado e responsável pela venda das drogas não se encontrava no local. Foram realizadas diligências com o objetivo prendê-lo , porém sem êxito. Foi elaborado um boletim de ocorrência pelo crime de tráfico de drogas e posteriormente ele será ouvido na sede da DISE e responderá judicialmente pelo crime. O tráfico de drogas é considerado crime hediondo (gravíssimo) com pena de até 15 anos de cadeia.

Publicidade