GD Virtual - Sites e Sistemas Inteligentes
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Publicidade

Polícia Ambiental pega caçadores com animal abatido e armas

Ocorrências da equipe de Votuporanga em Riolândia e Américo de Campos.Um foi preso

Publicado em: 20 de junho de 2020 às 11:18

Polícia Ambiental pega caçadores com animal abatido e armas

Dois homens caçando foram flagrados ontem (19) pela Polícia Ambiental e um deles ficou preso por matar uma capivara, em Riolândia.

Durante Policiamento Ambiental "Operação São Paulo Mais Seguro", os policiais de Votuporanga avistaram um barco com motor ocupado pelos homens.

Um deles PORTAVA uma espingarda calibre 22 e havia uma capivara abatida dentro da embarcação.

A o corrência foi encaminhada ao Plantão Policial de Votuporanga, onde foram autuados por PORTE ilegal de arma de fogo e munição de uso permitido, e por MATAR animal da fauna silvestre nativa.

Também foram autuados pelo crime ambiental.A capivara abatida destinada ao EcoTudo Votuporanga. O portador da espingarda ficou preso e o outro foi liberado.


AMÉRICO DE CAMPOS

Também ontem (19), durante a mesma operação, o morador de um sítio no município de Américo de Campos foi flagrado com um 'paiol' de armas e mais de 28 kg de carne de capivara.

A equipe de Votuporanga flagrou o homem no quintal da propriedade, e na hora da abordagem demonstrou certo nervosismo. Em vistoria pelo quintal, dentro de um cercado, havia 2 caes da raça Fila fechados com cadeado.

O suspeito, que já tem passagem pela polícia, tentou de tudo para desviar a atenção dos policiais para que o local não fosse vistoriado.Entretanto, os policiais localizaram uma construção de alvenaria e dentro foram encontradas 5 espingardas de diversos calibres e várias munições. Dentro da casa da sede foram encontradas mais 01 espingarda, 01 revolver, 01 pistola e mais munições e ainda no freezer havia 28,3kg de carne de capivara.

Diante dos fatos, e por informar que havia praticado a caça em outra data e armazenar carne de animal silvestre abatido em seu freezer, foi lavrada multa no valor de mais de R$14 mil.

O homem foi conduzido ao Distrito Policial por posse de armas de fogo e munições sem autorização e vai responder judicialmente pelos crimes.



Publicidade