GD Virtual - Sites e Sistemas Inteligentes
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Publicidade

Aprenda a prevenção da gastrite

Edson Rapozero Júnior, médico da Santa Casa de Votuporanga, dá dicas de saúde

Publicado em: 24 de janeiro de 2020 às 11:32

Aprenda a prevenção da gastrite
Gastrite é a inflamação aguda ou crônica da mucosa que reveste as paredes internas do estômago. Essa alteração pode ser provocada por diferentes fatores. O Sansaúde conversou com o médico cirurgião e gastroenterologista Dr. Edson Rapozero Junior que explicou quais as causas desta doença tão comum entre a população.

Segundo a Federação Brasileira de Gastroenterologia, cerca de 70% dos brasileiros possui algum tipo de gastrite. Rapozero conta que o principal sintoma é uma dor epigástrica que geralmente é uma queimação, associada a náuseas, vômitos e má digestão. “A gastrite também pode ser silenciosa, sem sintomas. Além do quadro clínico (sintomas) e exame físico (dor a palpação no absomem superior), o diagnóstico é feito com um exame chamado Endoscopia digestiva alta, que visualiza, fotografa e faz a biópsia da mucosa gástrica, além de ver o esôfago e duodeno”, contou.

Nervosismo, estresse ou ansiedade não causam gastrite. Contudo, essas situações podem estimular e tornar o indivíduo mais sensível à doença. “A gastrite nervosa é um termo usado no passado, que hoje não se usa mais. A ansiedade, o nervosismo, o estresse aumentam a produção do ácido clorídrico no estômago, causando os sintomas”, explicou.

Há alguns alimentos que também podem aumentar as chances de uma gastrite como café, frutas e alimentos ácidos como frutas cítricas, refrigerantes, álcool e chocolate. Mas, o médico alerta: “Precisamos controlar o sistema emocional, evitar os alimentos citados acima, comer devagar, mastigar bem os alimentos, fracionar a dieta (comer menos e mais vezes ao dia)”.

“A gastrite é uma doença multifatorial - tem vários elementos que contribuem com seu aparecimento - dieta, alimentação abusiva, excesso de álcool, medicamentos anti-inflamatório e a principal: uma bactéria que vem sendo encontrada no estômago com frequência: Helicobacter Pylori que pode levar além da gastrite, úlceras e câncer gástrico”, concluiu.





Publicidade