Votuporanga
+15° C

Máx.: +17°

Mín.: +

Ter, 29.06.2021
GD Virtual - Sites e Sistemas Inteligentes
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Publicidade

Votuporanga começa aplicar 3ª dose na população adulta

Redução no intervalo entre segunda e terceira doses diminuiu de seis para cinco meses

Publicado em: 18 de novembro de 2021 às 19:29

Votuporanga começa aplicar 3ª dose na população adulta
A Secretaria da Saúde de Votuporanga iniciou nesta quinta-feira (18/11) mais uma etapa na campanha de vacinação contra a Covid-19. A partir de agora, independente de qual tenha sido o imunizante aplicado na segunda dose, toda população adulta acima de 18 anos terá dose de reforço, desde que o intervalo entre uma e outra seja de, no mínimo, cinco meses.As vacinas, tanto para doses iniciais quanto posteriores, continuam sendo oferecidas nos postos montados no Assary e na Capela Santo Expedito, de segunda a sexta-feira, das 8h às 15h. Para ser vacinado, é necessário apresentar documentos pessoais e, para a dose de reforço, também é preciso a carteira verde, que é o comprovante do recebimento da segunda dose.A orientação da Secretaria Estadual da Saúde para pessoas que têm o esquema vacinal com a dose única da Janssen, é aguardar o prazo de pelo menos cinco meses e dar continuidade com a dose adicional do imunizante que estiver disponível.Segundas doses da Astrazeneca e PfizerImportante ressaltar que o intervalo entre as duas doses das vacinas Pfizer e Astrazeneca reduziu, recentemente, conforme anunciado pela Secretaria da Saúde. Desta forma, quem tomou a primeira dose da Astrazeneca há oito semanas (56 dias) já pode voltar para completar o esquema de imunização; e quem tomou a vacina da Pfizer há 21 dias também já pode concluir com a segunda dose, com exceção para os adolescentes, que devem continuar seguindo o prazo de oito semanas.Quem pode se vacinar?Podem se vacinar com a primeira dose adolescentes de 12 a 17 anos e adultos com 18 anos ou mais que perderam o prazo de se imunizar anteriormente; com a segunda dose, todos que estão no prazo e, com a terceira dose, todos os adultos, idosos e profissionais da saúde, com a segunda dose aplicada há, pelo menos, cinco meses; além de pessoas imunossuprimidas que tomaram a segunda dose há, pelo menos, 28 dias.Pessoas que irão viajar ao exterior poderão antecipar a segunda dose ou tomar a terceira dose desde que comprovem no ato da vacinação o agendamento da referida viagem, com apresentação da emissão da passagem por transporte aéreo, terrestre ou portuário.Desta forma, quem tomou as duas doses da Coronavac e vai viajar para o exterior poderá receber uma terceira dose de outro imunizante aceito pelo país de destino. Neste caso, o intervalo mínimo entre a segunda e a terceira dose deve ser de 28 dias.Para aqueles que irão viajar e que não concluíram o esquema com as duas doses, poderão tomar a segunda dose com prazo antecipado que varia de acordo com a marca do imunizante. Sendo assim, quem tomou Pfizer, pode receber a segunda dose com 21 dias em qualquer faixa etária, inclusive adolescentes. E quem tomou Astrazeneca pode antecipar a segunda dose com 28 dias, mesmo prazo mantido entre as duas doses da Coronavac.
Publicidade