GD Virtual - Sites e Sistemas Inteligentes
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Publicidade

Prefeitura abre inscrição para bolsas de estudo

A Secretaria da Educação concede bolsas de estudo de até 50% para custeio parcial das despesas

Publicado em: 21 de dezembro de 2016 às 18:42

Prefeitura abre inscrição para bolsas de estudo
A Prefeitura de Votuporanga, desde 2009, incentiva a formação profissional de estudantes de baixa renda. A Secretaria da Educação concede bolsas de estudo de até 50% para custeio parcial das despesas decorrentes das mensalidades escolares ou de transporte em sistema de fretamento coletivo, por meio do Programa Municipal de Auxílio Educação Bolsa de Estudo (Promae).

A pasta publicou edital sobre a iniciativa no site da administração municipal. As inscrições começam em janeiro, a partir do dia 17, no endereço eletrônico www.votuporanga.sp.gov.br, item Cidadão, link Bolsa de Estudo.

Para concorrer, o candidato deverá estar matriculado em curso técnico de nível médio ou superior (Bacharelado, Licenciatura ou Tecnologia), devidamente autorizado pelo sistema educacional. Entre os critérios, estão: divisão do total da renda familiar pelos membros da família não ultrapasse um salário mínimo e meio; não ter outra graduação; residir em Votuporanga há pelo menos dois anos e ter domicílio eleitoral no município.

Inscrições

O interessado pode se dirigir até postos de atendimento da Prefeitura para fazer sua inscrição. São eles: Polo da Universidade Aberta do Brasil (UAB); Acessa São Paulo; Espaço Empresarial e Telecentro Comunitário.

O candidato deverá entregar no Polo UAB Votuporanga a autodeclaração de veracidade que receberá ao finalizar sua inscrição online, de 17 de janeiro a 1º de fevereiro. Quem não entregar a autodeclaração no prazo, estará automaticamente desclassificado do processo seletivo.

Caberá a Secretaria Municipal da Educação de Votuporanga comprovar, mediante visita de assistente social, a real situação financeira da família do classificado, que será feita por amostragem ou a qualquer tempo para verificação de denúncias. Na gestão do prefeito Junior Marão, quase 600 alunos foram contemplados.

A titular da pasta, Silvia Rodolfo, destacou que o beneficiário com bolsa de estudo deverá prestar serviço gratuito à comunidade, sempre que solicitado, cuja carga horária será determinada pelo Poder Executivo, exceto aqueles que exerçam cargo ou emprego devidamente registrado, com carga horária igual ou superior a 40 horas semanais.



Publicidade