GD Virtual - Sites e Sistemas Inteligentes
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Publicidade

Carlão conquista aumento de teto do Iamspe para Santa Casa

Atualmente valor é R$280 mil/mensais e vai para R$350 mil

Publicado em: 20 de fevereiro de 2021 às 12:43

Carlão conquista aumento de teto do Iamspe para Santa Casa
O deputado estadual Carlão Pignatari, sabendo da importância do convênio de saúde para funcionários públicos, intermediou aumento de teto mensal do contrato da Instituição e o Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (Iamspe), garantindo atendimento médico de qualidade para seus beneficiários e agregados.

Atualmente, a Santa Casa de Votuporanga oferece consultas, exames de urgência e emergência e procedimentos eletivos para os conveniados do Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual. O valor do teto contratual é R$280 mil/mensais.

Mas, graças à atuação do parlamentar votuporanguense, o teto passará a R$350 mil/mensais. Fruto da atuação do parlamentar votuporanguense. “Foi uma grande conquista do nosso deputado Carlão Pignatari que, ciente de toda a demanda, lutou em prol de nossa Santa Casa e daqueles que precisam da assistência. Somente no ano passado, foram 7.235 atendimentos realizados pelo Iamspe, sendo em sua maioria de urgência e emergência”, frisou o provedor Luiz Fernando Góes Liévana.

Ele ressaltou a relação do parlamentar com a Instituição. “Carlão é um parlamentar envolvido com nossa causa. Além de destinar emendas, e atua diretamente com representantes estaduais visando sempre o nosso paciente. Agradecemos este empenho, que possibilita que milhares de pessoas sejam assistidas com qualidade e humanização”, enfatizou.

O deputado se colocou à disposição do Hospital para as tratativas, inclusive, com a Secretaria da Saúde. “Reconhecemos o excelente trabalho da diretoria, assim como de todo Complexo Santa Casa para Votuporanga e região. Não mediremos esforços para apresentar toda a qualidade dos atendimentos do nosso Hospital e nossa demanda, considerado patrimônio da cidade”, concluiu Carlão Pignatari.

Publicidade