GD Virtual - Sites e Sistemas Inteligentes
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Publicidade

Mãe e filho traficantes presos pela DISE em Riolândia

Agentes flagraram bastante droga na casa deles. Equipe trabalhou meses na investigação

Publicado em: 21 de janeiro de 2020 às 20:11

Mãe e filho traficantes presos pela DISE em Riolândia
A equipe da DISE de Votuporanga prendeu na tarde de hoje (21), mãe e filho em Riolândia por tráfico de drogas. Investigações policiais vinham sendo realizadas pela Especializada praticado por ambos, sendo ela de 40 anos de idade e seu filho, de 22.
Agentes trabalharam sigilosamente e descobriram o movimento de viciados no local. A casa fica em uma rua onde não havia possibilidade de se manter escondido por tempo suficiente e próximo que possibilitasse a abordagem dos viciados, haja vista que tais dependentes se camuflafam rapidamente pelos bairros.
Os investigadores apuraram que havia grande quantidade de entorpecentes, em forma bruta, na residência. Rapidamente, as equipes se dirigiram para o local, permanecendo por certo momento disfarçadamente, porém, com o risco de serem descobertos, os policiais entenderam por bem em tomar o local de surpresa, dada a fundada suspeita da quantidade de droga mantida na casa.
Ambos foram abordados e em busca pelos cômodos da casa bem como no quintal da mesma, encontraram uma sacola contendo grande quantidade de cocaína, que após preparada e embalada renderia até 510 porções para a venda a usuários, um tijolo e dois tabletes de maconha que renderiam cerca de 300 porções para a venda, e uma uma pedra grande de crack que após fracionada renderia 470 porções para venda a usuários.
Foram também apreendidos material para preparar e embalar os entorpecentes, dinheiro obtido com a venda de drogas e dois telefones celulares.
Mãe e filho foram autados pelo delegado Marcos Koji Yoshizaki por infração ao disposto nos artigos 33 e 35 da Lei 11.343/2006. (Tráfico de Drogas e Associação para o Tráfico). Os dois aguardam audiência de custódia na Comarca de Paulo de Faria. Cada um pode pegar até 15 anos de cadeia.
Publicidade