GD Virtual - Sites e Sistemas Inteligentes
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Publicidade

OS PREMATUROS TÊM PRIORIDADE NA SANTA CASA

Hospital comemora Dia de Atenção aos Bebês com atendimento especializado

Publicado em: 12 de março de 2019 às 13:20

OS PREMATUROS TÊM PRIORIDADE NA SANTA CASA
Nesta quinta-feira (14/3), é comemorado o Dia de Atenção ao Cuidado do Bebê Prematuro em todo Estado de São Paulo. A Sociedade Brasileira de Pediatria de São Paulo (SPSP) promove a campanha Março Lilás – Atenção ao Cuidado do Bebê Prematuro, um tema muito importante, uma vez que no Brasil nascem ao redor de 3 milhões de crianças por ano e, destas, cerca de 11% são prematuras (com idade gestacional abaixo de 37 semanas). Em São Paulo, o número de nascimentos ao ano é ao redor de 600 mil crianças, mantendo a mesma proporção de prematuros.

A Santa Casa de Votuporanga não poderia ficar de fora desta ação, se destacando nos cuidados. A Instituição realiza projetos que são dirigidos especificamente ao bebê prematuro, pois existem riscos que são inerentes (ou maiores) nesta população. A atenção é realizada no pré-natal imediato como também após a alta, durante o acompanhamento desta criança.

Para assistência a este público, a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal se une ao Ambulatório Médico de Especialidades (AME) Votuporanga. “Temos programa de pré-natal de risco no AME para estas gestantes. Antes mesmo do parto, fazemos o acolhimento pela equipe da UTI Neonatal. Elas conhecem nossa unidade e tiram as dúvidas. Durante a internação dos pequenos, temos horários de visitas ampliados, os pais permanecem praticamente o dia todo, sem limite de permanência. Recebemos os irmãos, os avós porque sabemos da importância deste vínculo”, afirmou a médica responsável técnica, Dra. Lara Galvani Greghi.

Além disso, os bebês são tratados com o método canguru, um tipo de assistência neonatal que estimula o desenvolvimento e ajuda na recuperação. “A técnica promove o crescimento e o desenvolvimento motor e cognitivo de crianças prematuras”, complementou.

Após a alta, os egressos são acompanhados pelo Ambulatório Médico de Especialidades de segmento de recém-nascido de alto risco.

A Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal do Hospital completará 11 anos de funcionamento voltados para recém-nascidos que necessitam de atendimento especializado. Em uma década, mais de mil pacientes receberam toda a assistência necessária, possibilitando sua recuperação e desenvolvimento. “Atuamos com uma equipe multidisciplinar especializada composta por médicas neonatologistas, enfermeiras, técnicas de enfermagem, fisioterapeutas, fonoaudióloga, psicóloga e assistentes sociais promovendo assistência de qualidade para todas as etapas de prematuros, haja visto que as internações dos prematuros não são curtas.”, enfatizou.

As médicas são: Dra. Lara Galvani Greghi - responsável técnica, Dra. Caroline Amaral Gouveia, Dra. Andressa Moura, Dra. Cristiane Faria, Dra. Ariele Daiana Fazzio, Dra. Maria de Fátima Pires Totti e Dra. Carla Sidiley Roveri da Silva. Além deste time de peso, a estrutura é ímpar, aperfeiçoando ainda mais o serviço com qualidade e humanização dos atendimentos. A unidade possui sete leitos para o Sistema Único de Saúde (SUS) e três para convênios e particulares.

O provedor da Santa Casa, Luiz Fernando Góes Liévana, enalteceu a iniciativa. “A UTI Neonatal é um setor fundamental para nosso Hospital e promove batalhas em prol da vida desses bebês. É referência para toda a região, atendemos em média 180 pacientes por ano”, concluiu.

Publicidade